segunda-feira, março 23, 2009

Un Perro Andaluz, por André Silva



“Un Perro Andaluz” é uma curta-metragem muda de 17 minutos, escrita, produzida e dirigida por Luís Buñuel em 1929, com a colaboração de Salvador Dali. Considerado como o primeiro filme surrealista do cinema, “Un perro andaluz” teve como principal objectivo provocar um impacto moral no espectador, através de imagens agressivas. Remete constantemente ao sonho e à loucura, tanto nas imagens produzidas, como na não utilização de uma sequencia cronológica. Socialmente simbólica e vanguardista, esta obra é considerada como uma das mais famosas da história do cinema. A utilização de temas como a violência, a brutalidade e a sexualidade fizeram aumentar a polémica deste primeiro filme do realizador, precisamente devido à contrariedade à normalidade dos típicos filmes mudos da época. As ideias de Buñuel e Dali chocaram o público europeu ao romper com as formalidades cinematográficas do tempo, o tradicionalismo e o conservadorismo a que o período estava habituado. Servindo-se de imagens que oscilam entre o erótico, o assustador, o engraçado, o estranho, e o simbólico, “Un Perro Andaluz” foi escrito em apenas uma semana, seguindo apenas uma regra muito simples, a de não aceitar ideias ou imagens que pudessem dar lugar a uma explicação racional, psicológica ou cultural. Para sempre imortalizada no cinema a imagem do corte do olho com uma navalha, esta obra nasceu da convergência dos sonhos de Buñuel e Dali. Obra de arte e do ensaio cinematográfico, “Un Perro Andaluz” é um filme de culto único, resultado da extraordinária imaginação de dois jovens na altura, Luís Buñuel com 29 anos e Dali com 25 anos, portadores de um singular talento. Por ultimo, como nos disse o jovem realizador Luís Buñuel: “Opino que una película, salvo que sirva sólo para pasar el rato, siempre debe defender y comunicar indirectamente la idea de que vivimos en un mundo brutal, hipòcrita e injusto. Y exactamente eso es lo que no suele hacer el cine”. Sem duvida uma obra muito interessante, recheada de misticismo e imaginação, que nos faz alargar os limites da própria criatividade humana.

autor: André Silva

2 comentários:

Anónimo disse...

O título do filme é mesmo "Un chien andalou", talvez por ter sido feito em França. Melhor seria traduzir para português.

André Silva disse...

Como o realizador Luis Buñuel é espanhol, quase toda a sua obra foi realizada no México, e porque esta obra é fortemente aclamada em Espanha, devido à grande proximidade entre este realizador e os escritores Federico García Lorca e Juan Ramón Jiménez, decidi optar pelo nome hibérico.
Já agora por curiosidade:
Un Perro andaluz, Argentina / Chile / Spain
An Andalusian Dog USA
Andalusialainen koira Finland
Den Andalusiska Hunden Sweden
Den Andalusiske hund Denmark
Ein Andalusischer Hund Germany
Pies andaluzyjski Poland
Um Cão Andaluz Portugal
Un chien andalou Italy
Un chien andalou France

abraço