quinta-feira, março 22, 2007

Half Nelson (Encurralados)
de Ryan Fleck, com Ryan Gosling e Shareeka Epps


21 de Março de 2007, 18.50h, UCI Arrábida Shopping: a única sessão do último dia de exibição de Half Nelson,um drama de Ryan Fleck, protagonizado por Ryan Gosling (nomeado para o Óscar de Melhor Actor pelo seu desempenho).
Inesperadamente, as duas pessoas que entram na sala depois de mim são a Xana e o Reinaldo - uma coincidência que transformou uma ida solitária ao cinema numa pseudo-reunião cineclubesca. Mas o que se segue são 106 minutos de um relato angustiante, coroado pelas belíssimas interpretações, bem como pela excelente banda sonora...

A imagem, turva e sombria, segue o ritmo alucinante do despero de Dan Dunne, um professor dividido entre a paixão pelo ensino, a revolta contra o sistema e o vício em crack. Para além das aulas de História, Dunne é igualmente treinador da equipa feminina de basquetebol do liceu. De facto, é após um jogo que é encontrado a drogar-se por uma aluna, Drey - e daí irá crescer uma invulgar amizade, alicerçada nas dificuldades do quotidiano de um bairro pobre, que se intensifica e fortalece a cada novo obstáculo.

O trabalho de Ryan Gosling é fabuloso - das expressões faciais ao modo de falar, revelou-se, quanto a mim, um actor extremamente versátil e seguramente merecedor da nomeação para os Óscares.

Half Nelson podia ser a estória do vizinho do lado: é vívida e assustadoramente real.



o trailer:

8 comentários:

reinaldo correia disse...

Problema resolvido, comentários aceitam-se. Começo eu:

Sinto-me realmente feliz com o cineclube, senti no dia deste filme que as coisas funcionam e que há pessoas que, como eu, sentem o cinema da mesma forma. Foi uma óptima coincidência encontrarmos a Luísa. Sem qualquer combinação prévia, numa cidade com alguma dimensão como a nossa, 3 pessoas da mesma faculdade, e pertencentes ao cineclube, que ainda é pequeno, encontram-se no mesmo cinema, na mesma sala, no mesmo filme, às mesmas horas.
Fico mesmo optimista com o nosso cineclube.

luísa disse...

muchas gracias por agora permitires que eu seja apupada :P

yup, coincidência gira (se bem que eu queria a sala só para mim...) ;) *

reinaldo correia disse...

ias fazer poucas-vergonhas não era? aposto que era com o Daniel Craig....

luísa disse...

fazes de mim pior do que aquilo que eu sou, pah!!! (e essas coisas n sao p se dizer em público!!!) :P

joaquim.guilherme disse...

eu gosto do cineclube e de cinema, mas preferia não encontrar a luísa.

luísa disse...

blanc, tu andas a pedi-las...

reinaldo correia disse...

eu não sou de intrigas, mas isso é boca para barulho.

xana disse...

eu concordo, com o reinaldo, isso é definitivamente boca para barulho!oh luzinha, nós também gostávamos de ter a sala só para nós, mas até foi...agradável ver o filme contigo.
:)
p.s sem dúvida que o baldas do blanc anda a pedi-las.