sábado, fevereiro 13, 2010

De Niro

2 comentários:

Daniela Ramalho disse...

O de niro nesse filme consegue ter um delírio em que cheguei a ter pena dele por viver numa ficção sem ter a menor noção de que o faz. É mesmo muito bom!

Francisco disse...

Pois é. Mas, felizmente, penso que essa "pena" se atenua quando ele sai da prisão e se torna numa big star. Deixa-nos mais sossegados...