terça-feira, maio 29, 2007

O cinema nem só de filmes sérios se faz, e como tal venho introduzir uma cena simplesmente hilariante, que destrói todas as concepções que temos desde crianças das histórias que nos contaram. Falo claro, do grandioso SHREK, que apenas há uns dias tive a oportunidade de ver o primeiro filme da série.
Não me interessa aqui apresentar um trailer ou uma crítica, mas simplesmente a fantástica cena de estalada entre a Branca de Neve e a Cinderella (se não estou em erro). Ora então, no excerto abaixo estejam atentos ao tempo 1:33seg., e observem a mestria, o maravilhoso e contundente chapadão que é desferido na cara da Branca de Neve. Muito, muito bom, hilariante, e deixou-me a rir sozinho durante 2 dias. Não tenho mais palavras minhas senhores e meus senhores, 1:33 e seguintes.


12 comentários:

luísa disse...

du, ezomaior ;)

Joe disse...

Hmmmm... eu não gosto, isto é tudo cenas roubadas a outros filmes.

:) :) :) :) :) :) :)

luísa disse...

hum.. que sensação de déjà vu x)

reinaldo correia disse...

Eu sei, eu sei... não tem a qualidade de um Tarantino, por muito que haja por aí gentalha que não gosta, mas admitam... aquilo parecia uma chapada à padrasto! Execução perfeita de movimentos!

Joe disse...

Ainda se lhe arrancasse a orelha à dentada estava bem, isso era original. mas assim, só uma chapadita...

reinaldo correia disse...

Caro joe, tal coisa seria demasiado "gore". Sou da opinião que a clássica chapada, bem metida, tem um efeito mais humilhante. Claramente a branca de neve foi completamente subjugada ao poderio físico da cinderella. E pensando bem no gesto, creio que aquilo é o que se pode chamar de chapada "à trolha", e não "à padrasto"... A doutrina divide-se, provavelmente...

joaquim.guilherme disse...

aquilo é cat fight, não é? já agora, axel rose, viste a versão origianl ou a dobrada em português? é que o shrek português é muitíssimo mais hilariante que o original...

reinaldo correia disse...

Sinceramente billy joe, vi 10% em português e o resto em inglês. Não quis deixar escapar os dotes vocais do Eddie Murphy :p Foi só por isso. Quando for ver o 3º ao cinema já vejo na língua materna.

joaquim.guilherme disse...

eu quando disse "shrek" estava mesmo a referir-me ao ogre. É que ele fala "achim", tipo caldas de aregos style. o burro tem muito mais piada em inglês...

nuno.sa disse...

E eu a pensar que o cineclube estava de férias... afinal ainda andam a mandar bocas anti-anti-tarantinos... :p

Não sei se aconteceu o mesmo a alguém, mas tive um deja vu brutal com o primeiro movimento da branca de neve... parecia o paulinho santos a perguntar ao joão pinto se queria um waffle com bola de gelado e topping de chocolate de leite da farggi naqueles porto-benfica nos tempos em que não havia sumaríssimos. deveras belo.

Joe disse...

Não havia sumarísimos, mas a verdade é que o moço das Caxinas esteve suspenso enquanto o irrepreensível JVP não colou a mandíbula com Araldite. Mas quando o Acosta lhe fez o mesmo a ele, numa final da Taça... no pasó nada! :)

reinaldo correia disse...

Ah... saudoso Canniggia... O Peixe (salvo erro) ainda não se deve ter esquecido dele...